Um trabalho interessante

Por Dado Salem
Ilustrações Maria Eugênia

Não é fácil conseguir um trabalho interessante, mas é possível. Ouvi 32 pessoas apaixonadas pelo que fazem e percebi, pela recorrência das afirmações, os fatores mais importantes para alcançar isso:


1) Seguir sua paixão
2) Ser perseverante
3) Fazer contatos, se relacionar
4) Inovar
5) Ser curioso

listo abaixo algumas frases que extraí dessas entrevistas:

1) Seguir sua paixão:



"era apaixonada por algumas questões e fui atras delas"
"me permiti ir atrás daquilo que me interessa"
"busquei sempre coisas que tinham a ver comigo"

Plano B: sonho e realidade

Baixo rendimento, longas jornadas de trabalho, sem benfícios: O plano B nem sempre é o sonho que as pessoas imaginam. Negócios próprios podem ser tão estressantes quanto a vida executiva.

Maybe It's Time for Plan C
Por Alex Williams
NYTimes 12/8/2011


RONA ECONOMOU was a lawyer at a large Manhattan law firm, making a comfortable salary and enjoying nights on the town when she was laid off in 2009, another victim of the recession. At first, she cried. “Then it hit me,” said Ms. Economou, now 33. “This is my one chance” to pursue a dream.

Six months later,

Psicologia Econômica: A razão atropelada

Circuitos primitivos enlouquecem o mercado
Por JULIE CRESWELL
New York Times / Folha de S.Paulo
15/08/2011

Bradley Alford, um gestor financeiro em Atlanta, acaba de apertar o botão do pânico.
Bem, não exatamente. Alford acaba de apertar a tecla do seu computador que aciona o equivalente em termos de Wall Street à opção nuclear: venda tudo.

Ele estava agindo sob ordens de dois clientes ricos que ficaram tão alarmados com as perspectivas turbulentas que preferiram pular fora das Bolsas, passando para um fundo mútuo relativamente isolado de um colapso do mercado.

"Eu nunca, nunca fiz isso antes", diz Alford, presidente da Alpha Capital Management. "Foi inédito."

Entrevista do guru financeiro suíço Marc Faber na Bloomberg TV



Faber previu as crises de 1987, a bolha da internet em 2000 e a crise dos sub-primes em 2008. Segundo ele essa crise pode ser pior que a de 1929.

Faber é consultor consultor de investimentos, financiador, escritor, editor do relatório "Gloom, Boom and Doom", especializado em Bolsas de Valores e membro de diversos conselhos de administração e comitês de investidores.

A psicologia da crise financeira

Bolsas desabando, prejuízos e preocupações... Assista a uma aula em Yale sobre a psicologia da crise financeira. Vale a pena.


Cérebro Masculino e Feminino

Essa palestra cômico-educativa esclarece alguns fatores que estão por trás de desentendimentos comuns entre casais.